0

Aljamain Sterling Diz que Luta com Raphael Assuncão Vai Ser Desagradável

Administrador outubro 23, 2016 Views 273

Aljamain Sterling pode não ter a data que ele estava esperando, mas pergunte ao cara de Long Island e ele lhe dirá que está mais do que feliz com a vaga dele no card do UFC Fight Night Albânia de 09 de dezembro.

Sterling encara o brasileiro Raphael Assuncão em uma luta que, com uma vitória, poderá colocar um deles de volta na discussão da disputa de título. Em conversa no podcast UFC Unfiltered desta semana, Sterling disse que ele está conciente da formidável tarefa que ele tem em frente de si.

“Ele é um cara duro. Está se recuperando. Ele lutou com TJ (Dillashaw) no UFC 200 e foi uma luta apertada. Quero dizer, ele não é nada impressionante, não é nada que eu já não tenha visto antes. Estou animado com isso. Penso que ele dá um bom casamento de luta para mim.”

Conhecido por seu forte background no wrestling e jogo de chão, Sterling acredita que agora é o momento de melhorar suas habilidades na trocação e confrontar seus oponentes mais em pé. Ele disse que tentará mostrar isso em Albânia e que buscará uma interrupção devastadora.

“Vou buscar um nocaute técnico. Não vou buscar usar o jiu-jitsu contra esse cara. Acho que provei em minha última luta o que eu posso fazer com meu jiu-jítsu e acho que nesta eu tenho quer ser um pouco mais maldoso do que eu costumava ser no passado.”

“Estou querendo lutar, mas não busco fazer mais um tipo de ‘guerra’. Acho que essa luta vai ficar um pouco desagradável. Essa vai ser a luta.”

Sterling está vindo da primeira derrota da sua carreira, para Bryan Caraway, em maio deste ano. Tendo passado uma quantidade significativa de tempo desde então, o atleta da Serra-Longo acredita que essa luta lhe ensinou algumas lições valiosas.

“Eu cem por cento acho que aprendi muito com isso. Uma das coisas que aprendi foi que quando você está preparado, você está preparado. Na semana da luta, sou um daqueles caras que tipo enlouquece e ainda faço dois treinos por dia – no dia da luta eu fiz três treinos antes da luta real e as pessoas não sabem disso.”

“Matt estava me dizendo, as pessoas estavam me dizendo, mas eu fico tão super paranóico que quero garantir que cada pequena coisa é contabilizada e senti que eu fiz isso. No grande esquema das coisas, entretanto, acho que meio que dei um tiro no próprio pé [..] e gastei muita energia. Na semana da luta, baixei o peso e estava pesando em torno de 143 libras (64,86 kg) e isso é o mais leve que eu já estive para entrar em uma luta. Na semana da luta, baixei o peso e eu estava tipo apenas poucas libras acima do peso e acho que eu era o cara mais leve lá.”

Apesar do overtraining (excesso de treino) ter sido um fator mencionado por ele, Sterling diz que sua falta de experiência foi um grande fator na sua pobre tomada de decisões durante a luta.

“Não ter que me preocupar tanto com meu peso, mas ainda assim fazendo esses dois treinos por dia. Quando você está pronto, você está pronto. Acho que foi o melhor camping que eu já tive. Acho que eu estava mais do que preparado para tudo e mesmo quando eu estava cansado na luta, acho que eu segurei a barra e não sofri qualquer dano; não acho que tenha acontecido qualquer coisa significativa para dizer que eu fui sobrepujado.”

“Definitivamente houve alguns erros de QI de luta. Ficar no básico, tentar não fazer coisas extravagantes. Mesmo quando ele estava em minhas costas, levantei com ele nas costas. Simplesmente não pensei em certas coisas durante a luta e simplesmente perdi minha fluidez e é aí que sua experiência entra.”

Com isso tudo tendo ficado para trás, a mensagem de Sterling é simples: ele está de volta e está melhor do que nunca.

“Estou pronto para lutar e estou bem treinado. Eu só tenho que acreditar nisso e não ir muito louco.”

Card do evento até o momento:

  • Peso-médio: Gegard Mousasi vs Uriah Hall
  • Peso-leve: Ross Pearson vs James Krause
  • Peso-palha: Anna Elmose vs Amanda Cooper
  • Peso-mosca: Ian McCall vs Neil Seery
  • Peso-pesado: Alexander Volkov vs Timothy Johnson
  • Peso-pena: Artem Lobov vs Teruto Ishihara
  • Peso-leve: Kevin Lee vs Magomed Mustafaev
  • Peso-médio: Magnus Cedenblad vs Jack Marshman
  • Peso-pesado: Justin Ledet vs Mark Godbeer
  • Peso-galo: Marion Reneau vs Milana Dudieva
  • Peso-mosca: Kyoji Horiguchi vs Ali Bagautinov

Texto escrito por Jim Edwards, publicado por Flo Combat e traduzido por Ricardo Loechner.

Avalie esta postagem.
0
Categories
Chat entre os membros do siteVocê pode bater um papo. Clique aqui para abrir o chat público!+