0

Carlos Condit Diz sobre Demian Maia: “Meu Objetivo É Fazer Esse Cara Lutar”

Administrador agosto 2, 2016 Views 189

Buscando encurtar o caminho para o titleshot, Condit decidiu aceitar a luta com Demian Maia:

“Eu estava indeciso… poderia ter o resultado inverso ao esperado”, observou ele. “Se uma oportunidade se apresentasse e me parecesse algo atraente, eu teria dito ‘OK, eu aceito’. A luta com Maia é uma luta dura. Ele é uma luta dura para qualquer um, mas pode me colocar de volta na disputa de título. Eu bato Demian Maia, me torno o desafiante número 1, acredito. E eu terei de novo a possibilidade de ter o cinturão em volta da minha cintura novamente.”

“Eu gosto da ideia de lutar com ele porque ele é um dos melhores do mundo. Ele tem um estilo complicado. É um desafio, sem dúvida. Vai ser um quebra-cabeças difícil de resolver, mas eu gosto de me desafiar. É por isso que eu faço isto. É uma das razões para pôr minhas habilidades e aptidões contra outros lutadores de classe mundial. Demian Maia é, sem dúvida, um lutador de classe mundial.”

Originalmente, Condit e Maia deveriam se enfrentar no UFC 202, mas a luta foi transferida para a semana seguinte e agora é a atração principal do UFC on FOX 21. Por várias razões, Condit achou esta mudança agradável e mais de acordo com os seus interesses.

“Eu gosto do fato de que, com esta nova data, será uma luta de cinco rounds, o evento principal. Eu achava que esta luta deveria ser o evento principal. O UFC 202 era um grande card mas nós não éramos nem mesmo o evento co-principal. Nós éramos a terceira luta do card principal. Eu não gostei disso.”

Condit não ignora o fato e que a mudança de três para cinco rounds pode acarretar riscos. “Poderia ser mais cinco rounds de Demian em minhas contas, me dominando em uma posição de jiu jitsu. Pode ser”, confessou. Por outro lado, Condit observou que ele “pode terminar a luta rapidamente e violentamente”.

O maior receio de Condit é a habilidade de Maia, mas também existe alguma preocupação com o estilo de luta do brasileiro. Como meio-médio, Maia voltou às suas raízes, usando quase exclusivamente o controle de posição do jiu-jitsu para vencer. Tem sido uma estratégia bem-sucedida, Condit admitiu, mas isso tem um custo.

“Ai é que está. Ele é subestimado. Por que ele é um lutador fenomenal, ele deve, eventualmente, ser um possível desafiante número 1 ao título, mas o fato é que seu estilo não é agradável aos fãs. Ele não luta. Ele vai lá e ele agarra”, disse ele. “Houve algumas lutas, como na luta com Chris Weidman, que ele lutou um pouco.

“Mas, em suas lutas recentes, ele não se arrisca. Eu estava ao lado do cage quando ele lutou com Gunnar Nelson e o derrotou. Gunnar estava contra a grade, ele estava derrotado. Demian Maia teve a oportunidade de ‘Hey, vamos acabar com isso. Vamos soltar alguns golpes’. Seus golpes são muito bons. Ele é um bom striker […] Naquele momento, ele poderia ter a oportunidade de, tipo, fazer uma declaração como ‘Ei, eu estou aqui. Eu nem sempre sou um lutador chato”, mas ele não se arrisca e ele sempre faz isso. É por isso que ele não está onde deveria estar em relação ao ranking ou ao respeito entre os meio-médios.”

Para ser claro, Condit admite que ele respeita “pra caramba” o Demian Maia, “Eu respeito todo mundo com quem eu luto”, mas que, falando como um fã, “Não é um um estilo agradável”. “Meu objetivo é fazer esse cara lutar. Eu vou fazer esta luta ser empolgante.”

Condit reconhece que o tiro poderia sair pela culatra. E se ele termina com Maia nas costas dele durante cinco rounds e perde por decisão de forma clara? “Espero que eu me certifique de que esse não vai ser o caso.”

Na segunda-feira no podcast The MMA Hour, Condit explicou porque decidiu continuar competindo após cogitar a possibilidade de se aposentar.

“Há várias razões. Em primeiro lugar, acho que eu ainda posso continuar no esporte por mais um pouco. Eu ainda tenho a luta dentro de mim”, confessou ele. “Eu amo isso. Eu amo o que eu faço. É a minha paixão. Além disso, é como eu me mantenho. Esse é o meu emprego. Eu tenho contas pra pagar e tenho crianças pra alimentar.”

O UFC on Fox 21 acontecerá no dia 27 de agosto, na Rogers Arena em Vancouver (Canadá).

Avalie esta postagem.
0
Categories
Chat entre os membros do siteVocê pode bater um papo. Clique aqui para abrir o chat público!+