0

Cody Garbrandt: “Bryan Caraway é Mais Frouxo do que Dominick Cruz”

Administrador agosto 29, 2016 Views 182

Depois de chamar o campeão peso-galo Dominick Cruz de frouxo, Cody Garbrandt agora usa o mesmo adjetivo para qualificar Bryan Caraway.

“É engraçado porque esse cara não aceitou uma luta comigo duas vezes. Ele é mais frouxo do que Dominick Cruz. Ele sabe que eu sou o próxima na fila para a disputa de cinturão, por isso ele quer manter seu nome relevante. Todos esses lutadores querem se promover às minhas custas, eles querem relacionar seus nomes ao melhor, só para terem uma chance de chegar lá, porque eles sabem que eu sou o verdadeiro negócio, sabem que eu vou ser o próximo campeão e que eu sou a grande luta.”

“Mas é engraçado, Bryan, esperava que você fosse a minha última luta, mas você disse que estava lesionado e foi por isso que Takeya lutou comigo. Então, por duas vezes ele não aceitou uma luta comigo. A primeira vez porque eu não era ranqueado; dessa vez acho que era só porque eu finalmente sou ranqueado e então ele disse: ‘Eu estava lesionado’. Por isso é engraçado que ele agora tenha culhões e venha me desafiar.”

Não é a primeira vez que Bryan Caraway, o número 4 da categoria peso-galo no ranking oficial do UFC, não aceita uma luta – ele recusou uma luta com John Dodson e Urijah Faber afirmou que ele também teve uma luta recusada pelo namorado da Miesha Tate.

“Você não pode forçar um lutador a lutar. Esse cara não é um lutador. Nem sei por que ele está na divisão. Eu realmente não sei. Acho que ele deveria pendurar as luvas e ser um treinador. Ele não quer lutar contra ninguém. Ele teve uma vitória sobre um adversário muito superestimado [ele se refere a Aljamain Sterling] na última luta que teve e pensa que merece uma disputa de cinturão por isso? Eu não penso assim.”

Garbrandt também desdenhou da vitória por pontos de TJ Dillashaw sobre Raphael Assunção no UFC 200, dizendo que teria nocauteado o brasileiro.

“Se você colocar Raphael Assunção na minha frente, eu o nocauteio. Eu pensei que TJ estava lutando apenas para vencer, apenas para manter o seu nome relevante no topo. Eu vou lá e acabo com os lutadores. Eu vou lá e acabo com os lutadores no primeiro round. Não importa a posição deles no ranking, eu vou lá e acabo com eles. E eu sou legitimamente merecedor do titleshot. Como eu disse, eu sou o lutador mais empolgante da minha categoria e eu vou lá e cumpro.”

Empolgado com a vitória sobre Takeya Mizugaki em apenas 48 segundos no UFC 202, Garbrandt se acha no direito de pleitear uma disputa de cinturão com Cruz por ser de “uma espécie em extinção”.

“Me sinto como se eu fosse o último de uma raça em extinção. Eu sou um puro-sangue e quero levar o esporte de volta a aqueles dias. Dominick Cruz foi o campeão por muito tempo e agora ele está de volta. E eu sou o melhor da divisão e legitimamente mereço o titleshot.”

Avalie esta postagem.
0
Categories
Chat entre os membros do siteVocê pode bater um papo. Clique aqui para abrir o chat público!+