0

Confiante, Mackenzie Dern Tem Como Meta o Cinturão do UFC

Administrador agosto 14, 2016 Views 223

Antes mesmo de vencer sua primeira luta de MMA – procure o vídeo neste site – e já ter uma nova luta marcada (a adversária não teve ainda o nome revelado), a “promessa” Mackenzie Dern já tinha um objetivo bastante ambicioso em mente: o cinturão do UFC, conforme ela disse ao site MMA Fighting antes da sua estreia no Legacy FC 58, quando venceu Kenia Rosas (0-1). A americana de ascendência brasileira continua com o mesmo objetivo.

“Eu aprendo rápido. Eu acho que enquanto eu continuar evoluindo, esse é o plano. Eu não vou desistir do que eu planejei. Acho que estou indo bem, (preciso) apenas me acostumar a isso e me manter confiante e acreditar. Meus treinadores me ensinaram muitas coisas. Mas eu acho que – para minha primeira luta – eu fui capaz de mostar isso. Eu estou animada para começar a testar mais o meu jogo em pé – claro, eu nunca vou abandonar meu jiu-jítsu. Eu semprei vou usar meu jiu-jítsu, mas eu ainda estou confiante em relação a esse objetivo. Eu acho que até o final de 2017 eu posso tentar conquistar o cinturão. Vamos ver. Quem sabe? Nunca se sabe. Mas essa é a minha meta.”

Muitos expectadores ou mesmo fãs talvez tenham se decepcionado um pouco com a estreia de Dern por ela não ter finalizado sua oponente, que conseguiu se defender de várias tentativas de finalização. Dern dá pouca atenção a isso e disse que não se sentiu frustada nem está chateada com isso.

“Eu sempre confio em meu jiu-jítsu, visto que era a estreia de Kenia Rosas como profissional e essa foi a minha primeira luta. Então, eu definitivamente estava confiante no meu jiu-jítsu. Eu estava esperando conseguir uma finalização mas, cara, ele foi muito flexível e muito resistente.”

“Eu não fiquei chateada com isso. Eu fui realmente boa durante toda a luta. Foi bom para ver a diferença de cardio entre o jiu-jítsu e o MMA, passar três rounds, atacar durante os três rounds e ver se tudo está indo bem. E jiu-jítsu realmente não machuca as pessoas. Foi até bom para mim, para eu ver que ‘OK, eu posso dar cotoveladas, eu posso fazer isso’. Foi bom para mim ter sentido isso. Eu gosto disso.”

“Depois do primeiro armlock, eu percebi que ela era muito flexível. Quer dizer, eu não sei se ela tem as articulações flexíveis, mas você vê isso no jiu-jítsu algumas vezes. Eu treino com garotas que são bem flexíveis. Em minha mente, eu pensei ‘OK, o que fazer para não ficar cansada se eu não conseguir finalizá-la?’. Eu estava apenas tentando controlá-la e não gastei muita energia tentando uma finalização. Acho que se eu aplicasse um mata-leão, honestamente eu penso que ela não iria bater. Acho que ela preferiria dormir. Eu podia sentir isso. Esse espírito guerreiro, sabe?”

Mais do que isso, Dern se sente satisfeita por, segundo ela, ter adquirido experiência com essa primeira luta.

“Eu ganhei muita experiência lá. Algumas posições, eu tentei uma chave de joelho e uma chave de pé e pensei ‘Me deixe trabalhar um pouco. Esta é minha primeira luta, então, me deixe trabalhar um pouquinho mais o punch e tentar se acostumar com isso’. Eu não fiquei frustada ou algo parecido. Acho que talvez fosse mais frustante se eu sentisse que ela estava defendendo muito as posições, mas um monte de vezes eu podia sentir que eu estava conseguindo algumas posições e chegando a uma finalização, mas ela foi resistente e persistente. Foi bom para mim estar calma durante a luta, então, eu na verdade gostei disso.”

A próxima luta de Mackenzie Dern (1-0) será no Legacy FC 61, no dia 14 de outubro. Ela luta na categoria peso-palha.

Avalie esta postagem.
0
Categories
Chat entre os membros do siteVocê pode bater um papo. Clique aqui para abrir o chat público!+