0

Rápida ou Empolgante, Werdum Quer uma Luta que o Coloque na Disputa de Cinturão

Administrador agosto 14, 2016 Views 387

Em maio deste ano, Fabrício Werdum (20-6-1 MMA, 8-3 UFC) perdeu o cinturão da divisão dos meio-pesados após ser nocauteado por Stipe Miocic (15-2 MMA, 11-2 UFC).

Ele lutá novamente em setembro, esperando obter uma nova chance de disputar o título e assim tentar recuperar o cinturão. O adversário seria Ben Rothwell (36-10 MMA, 6-4 UFC), mas este se lesionou e foi substituído por Travis Browne (18-4-1 MMA, 9-4-1 UFC), com quem Werdum já lutou em 2014.

Perguntado sobre qual seria o oponente mais justo para ele, Werdum foi assertivo:

“O justo na verdade seria a revanche (contra Miocic), porque eu sou o primeiro no ranking do UFC e Miocic é o único acima de mim. Então você não pode realmente dizer que alguém é ‘justo’. O importante é lutar contra um top-10. Então não há muito a dizer. Acho que Browne tem um nome forte, ele é bem conhecido, lutei com ele uma vez e acho que tenho uma ligeira vantagem porque eu já o venci. Entretanto, não confio muito nesse raciocínio, porque sei que não há luta fácil no UFC.”

Acreditando que o importante é manter-se ativo, Werdum diz que não se importava com quem ele lutaria, contanto que fosse alguém que estivesse na lista dos 10 mais bem ranqueados do UFC.

“O importante é que eu estou lutando. Eu nunca tive essa opção de escolher um adversário. O UFC disse que era Travis Browne, eu disse ‘sim’, assinei o contrato e o enviei. Quer fosse Ben Rothwell ou Derrick Lewis – podia ter sido qualquer um. Eu apenas queria lutar no mesmo evento que Miocic e Overeem.”

“Eu não tive uma opção. Eu vi que Derrick Lewis disse que ele teria lutado comigo no Twitter, mas o UFC nunca o ofereceu a mim. Eu disse a meu empresário: ‘Eu vou lutar com qualquer um, eu não me importo com quem’. Browne foi o escolhido e eu não tive nenhum problema com isso. Eu não pude escolher meu adversário, que é algo que eu também nunca fiz no passado.”

Já conhecendo bem o adversário, com quem travou um combate de 5 rounds, “Vai Cavalo” não espera muita coisa diferente nesta luta.

“Suponho que seja uma luta parecida. Mas eu vou tentar finalizá-lo ou nocauteá-lo. Acho que é o que muitos lutadores querem, todo mundo quer terminar o mais rápido possível. Eu não acho que as pessoas querem vencer por pontos – é muito difícil ouvir alguém dizendo ‘Eu vou vencer por decisão’.”

Werdum acredita que uma vitória que não seja por pontos e, sobretudo, uma luta que termine rápido pode aumentar suas chances de disputar o cinturão novamente.

“Primeiro minuto, segundo minuto, assim que eu puder. Mas nós vamos tentar fazer uma luta como nós fizemos da última vez, uma luta que muitas pessoas disseram que foi a melhor luta de minha carreira.”

“Já que eu sou o primeiro no ranking do UFC, acho que uma vitória me dará a oportunidade de lutar pelo cinturão. Acho que vai ser importante como esta luta vai acontecer. É importante que eu termine o mais rápido possível, fazer uma luta espetacular como a última.”

“Isso deverá me dar uma chance de lutar pelo cinturão. Sei que Velasquez também está esperando pela oportunidade. Todo mudo quer, mas acho que eu vou mostrar mais uma vez que eu sou o número 1 do ranking e terei novamente essa oportunidade. Vai depender de como essa luta vai acontecer.”

Bastante confiante, Werdum acredita que pode ter de volta o cinturão dos pesados em volta de sua cintura.

“Eu perdi o cinturão, mas já passou. Eu não posso ficar pensando nisso, pensando em como o cinturão era. Eu já fiz isso uma vez e estou certo de que eu irei fazer isso novamente. Isso é uma certeza. Eu agora sei o caminho. Eu só preciso fazer certo novamente.”

Avalie esta postagem.
0
Categories
Chat entre os membros do siteVocê pode bater um papo. Clique aqui para abrir o chat público!+