0

Ronda Rousey Acredita que o MMA Serve para Conter a Violência, Não para Incentivá-la

Administrador setembro 1, 2016 Views 183

Apesar do MMA ser cada vez mais popular na mídia mainstream ainda há quem ache que o esporte é “como se voltássemos ao tempo do Coliseu, dos gladiadores”. Ronda comentou sobre isso em um vídeo promocional do documentário “The Hurt Business” [veja vídeo abaixo].

“A ignorância é a única barreira que o esporte tem de superar. Acho que muitas pessoas que são ignorantes em relação a isso dizem que o MMA promove a violência quando na verdade é a saída mais responsável para ela. Faz parte do instinto humano lutar.”

Ronda acredita que as pessoas entram no mundo da luta para se sentirem aliviadas das pressões do cotidiano, como uma válvula de escape para o estresse e a agressão latente.

“Se você tenta reprimir isso completamente, e coloca todos em uma sociedade que vive dentro de uma redoma, aí é que as pessoas acabam ficando loucas e atirando dentro de cinemas. Se qualquer uma dessas pessoas que tem toda essa agressão dentro delas tivesse algum tipo de válvula de escape, acho que teríamos uma sociedade muito mais saudável. Não é pela violência em si. Quer dizer, a palavra ‘arte’ está lá por uma razão.”

The Hurt Business [o título em português poderia ser algo como “o negócio da dor” ou “profissão dolorosa”] mostra como é a vida de um lutador e os bastidores do mundo do MMA. Além de Ronda Rousey, o documentário conta também com a participação de Jon Jones, Chuck Lidell, Rashad Evans, Georges St-Pierre, entre outros. O filme deve ser lançado em 29 de setembro.

Avalie esta postagem.
0
Categories
Chat entre os membros do siteVocê pode bater um papo. Clique aqui para abrir o chat público!+